“Lula não é corrupto, mas que o Brasil vive na corrupção” Afirma ex presidente

Em um livro-reportagem que conta a trajetória dos seus cinco anos como presidente do Uruguai, José Mujica revelou que o ex-presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, fez uma confissão sobre o mensalão durante reunião em Brasília. “Neste mundo tive que lidar com muitas coisas imorais, chantagens”, teria dito Lula nos primeiros meses de 2010. “Essa era a única forma de governar o Brasil”.

Com o título de “Una oveja negra al poder” (Uma ovelha negra no poder, em tradução livre) obra já foi lançada no Uruguai. Ela foi escrita por jornalistas da revista ‘Búsqueda’, Andrés Danza e Ernesto Tulbovitz, que entrevistaram Mujica por mais de cem horas. O ex-presidente do Brasil sempre negou ter conhecimento do esquema do mensalão, revelado em 2005. “Lula não é um corrupto como (Fernando) Collor de Mello e outros ex-presidentes brasileiros”, resaltou Mujica aos jornalistas.

“Mas viveu esse episódio (do mensalão) com angústia e um pouco de culpa”. Em entrevista ao jornal O Globo, Andrés Danza explicou que os dois tinham uma relação próxima e o ex-presidente uruguaio via o Brasil como um exemplo. “Mujica sempre viu Lula como uma espécie de padrinho. Sempre pensou que o Uruguai deveria seguir o rumo do Brasil, que é o grande protagonista da região. Mujica sempre afirmou que Lula não é corrupto, mas que o Brasil vive na corrupção”, afirmou.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *