TCE recusa contas da Uneb referentes a 2008

Por conta de “graves irregularidades” nas contas da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), o Tribunal de Contas da Bahia (TCE) decidiu pela desaprovação do balanço apresentado pela universidade referente ao exercício de 2008. À época, o reitor era Lourisvaldo Valentin da Silva e, entre as irregularidades apontadas, estão a contratação irregular de pessoal, pagamento de salários e contratos sem a devida prestação dos serviços.

A decisão dos conselheiros foi baseada nos relatórios elaborados pelos auditores da 5ª Coordenação de Controle Externo e em parecer do Ministério Público de Contas (MPC) e depois da constatação de que os argumentos da defesa encaminhados pelos gestores da Uneb não foram suficientes para justificar ou eliminar os problemas encontrados.


TAG


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *