Bahia não resiste ao Vitória da Conquista e estreia com derrota no Baianão

O Bahia estreou com o pé esquerdo no Campeonato Baiano 2015. Jogando no estádio Lomanto Júnior, em Vitória da Conquista, o time comandado pelo técnico Sérgio Soares não resistiu ao time da casa e com um jogador a menos desde o primeiro tempo acabou derrotado por 2 a 0. Os gols da partida foram marcados por Diogo Capela e André oliveira.

O Tricolor agora volta suas atenções para a Copa do Nordeste. Na quarta-feira (4), a equipe faz a estreia na competição regional contra o Campinense, às 19h, na Arena Fonte Nova. A partida, que inicialmente seria com portões fechados, vai ter a presença da torcida.

O jogo
Com um time cheio de novidades em relação a temporada passada, o Bahia começou tomando as ações do jogo. A primeira boa chance aconteceu aos quatro minutos. Após passe de Willians Santana, Kieza recebeu livre na área, mas Viáfara fechou bem o ângulo e na sobra a zaga mandou para escanteio. Poucos minutos depois foi a vez de Tchô receber lançamento de Willians e desperdiçar a oportunidade. A melhor chance do Conquista aconteceu aos 11 minutos. Carlinhos levantou na área, mas Omar se antecipou ao atacante Rafamar e ficou com a bola.

Aos 33 minutos, Diogo Capela arriscou de fora e obrigou Omar a fazer boa defesa. O Bahia seguia com maior posse de bola, mas sem incomodar o goleiro Viáfara. O castigo veio aos 38 minutos. Após bom ataque do Conquista, Diogo Capela recebeu livre na grande área e chutou sem chances para Omar. Vitória da Conquista 1 a 0.

Quatro minutos depois Railan cortou mal o lançamento e na sequência colocou a mão na bola dentro da área. O juiz marcou pênalti e deu cartão vermelho para o lateral tricolor. Na cobrança, Rafael Oliveira ampliou a vantagem para o time do interior. Vitória da Conquista 2 x 0 Bahia.

Com um jogador a menos, o técnico Sérgio Soares fez mudanças no intervalo. Entrou o meia Rômulo e o lateral-direito Tony nos lugares de Tchô e Feijão, respectivamente. O Esquadrão começou a segunda etapa como a primeira. Com posse de bola, mas sem objetividade.

Aos 19 minutos, o atacante Rafamar aproveitou cruzamento e mandou de cabeça nas redes de Omar, mas o árbitro marcou impedimento e anulou o que seria o terceiro gol do time alviverde. O Bahia tentou responder com Kieza. O atacante recebeu bom lançamento, mas Viáfara chegou primeiro e afastou o perigo.

O Bahia seguiu pressionando. Rômulo arriscou de fora da área e tirou tinta da trave de Viáfara. O técnico Sérgio Soares tentou dar gás ao ataque e colocou zé Roberto no Willians. A mudança não surtiu efeito e o Bahia continuou sem criar grandes chances. Aos 49, raul fez falta dura, recebeu o segundo amarelo e foi expulso. Com dois homens a mais, o Vitória da Conquista apenas administrou o resultado.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *