Campo Formoso: Comunidade de Barrocas, na região de Lage dos Negros recebe instalação de água

Na tarde de ontem, dia 20 de novembro, o prefeito Elmo Nascimento foi, pessoalmente, inaugurar o sistema de abastecimento de água daquela comunidade.

Há mais de três anos os moradores de Barrocas sofriam com a falta de água. Havia a barragem do Mulungu que liberava água, mas, segundo a própria comunidade, a barragem foi secando e ficou impossível liberar água também para Barrocas.
A Secretaria de Obras do município recebeu um abaixo-assinado, através da Rádio Nuporanga, enviado por aquela comunidade, onde eles reivindicavam água. No mesmo dia o Secretário Edmundo Miranda deu um prazo de 10 dias para instalar o sistema de abastecimento de água e ontem o sistema foi inaugurado.
A população estava em festa. Após tanto tempo precisando comprar água, que durava apenas uma semana; após tanto tempo tendo que regrar os banhos da família; após tanto tempo dividindo a pouca água com família e bichos, eis que agora existe água em abundância! A dona de casa, Morenita Maria de Jesus Vieira, cuja única renda é a do Bolsa Família e a ajuda do Garantia Safra, e que precisava comprar água, foi a pessoa que fez o abaixo-assinado e levou à Rádio, para entregar ao Secretário de Obras. Ela disse que a situação da água sempre foi triste. “Nós ficamos mais de três anos sem água, sofrendo, tendo que comprar a R$20 seis dornas, que só dava para uma semana. Um dia tomava banho, no outro não. Era assim. Agora, graças a Deus, nós estamos alegres. Eu mandei o documento, o prefeito prometeu que fazia com 10 dias e cumpriu com a palavra dele.”, disse, emocionada.
Outra moradora de Barrocas, Tania Lúcia, disse: “Agora pra gente é uma alegria, ave Maria. A emoção é tão grande, uma felicidade para quem sempre sofreu por falta de água. E agora a gente abre a torneira e sai a água. A gente fica muito agradecida com o prefeito, porque em tão pouco tempo na frente da gestão, ele fez esse milagre pra gente. Graças a Deus, nosso sofrimento acabou.”
O Secretário de Obras, Edmundo Miranda, disse que foi feito um mutirão para que a obra ficasse pronta. “Nós precisávamos atender uma solicitação do prefeito e só saímos daqui quando o sistema estava completamente instalado, quando a água estava jorrando. Eu saí daqui, naquele dia, com a sensação maravilhosa de dever cumprido.”, explicou.
A sensação de ver a alegria no rosto das pessoas por conta de receber água, em pleno século XXI, é inenarrável. Fica uma reflexão de que ainda há muita coisa para ser feita em nosso país, ainda há muita gente necessitando de coisas que deveriam ser naturais a cada cidadão, como a água. Aqui em Campo Formoso, a prioridade do prefeito Elmo Nascimento é melhorar os sistemas de abastecimento de água do município e poder dar mais dignidade ao homem do campo.
“Água é um bem necessário para a vida. Na última vez em que vim aqui, ver a situação de uma escola que estava paralisada, fui cobrado sobre o problema da água, que há alguns anos foi perfurado o poço sem instalar. Esse povo é um povo herói por ter sobrevivido, durante anos anos, sem água.”, disse o prefeito Elmo, visivelmente emocionado com a alegria da população. E continuou: “O gestor público tem obrigação de estabelecer prioridades e uma das nossas, nesse momento, é melhorar a vida do homem do campo, levando água para as comunidades. Infelizmente, a burocracia nos atrasou. Mas assim que a empresa nos forneceu o material, começamos o trabalho e hoje estamos entregando um sistema de água que vai trazer mais dignidade para cada um de vocês. E eu peço a Deus que continue nos dando força e coragem para continuarmos trabalhando muito por quem mais precisa. Nossa intenção é tão somente essa, trabalhar por cada um de vocês.”
Na oportunidade, o prefeito aproveitou para convidar as pessoas presentes para o lançamento do Programa Campo Melhor, que acontecerá amanhã, às 9h, na Câmara de Vereadores. Vai ser apresentado um programa de melhoria para a vida do homem do campo, além de cadastrar as comunidades para perfuração de poços artesianos e detalhar como será feito os investimentos na convivência com a seca.
Assessoria de comunicação PMCF



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *