Rede Internacional pode assumir gestão do Hospital Regional de Senhor do Bonfim

imgresRepresentantes do grupo espanhol de gestão hospitalar Fundação Santa Tecla e da Sociedade Beneficente São Camilo visitam nesta quarta-feira (20) a cidade de Senhor do Bonfim, onde conhecerão as instalações do Hospital Regional  D. Antonio Monteiro. Além de verificar a infraestrutura, eles farão um diagnóstico da unidade de saúde, que atende a todo o Piemonte Norte do Itapicuru. A ação visa estabelecer uma nova gestão para o hospital e é resultado de reivindicação do deputado Carlos Brasileiro (PT) ao governo estadual.

A possibilidade de a Fundação Santa Tecla assumir o Hospital de Bonfim começou a ser ajustada durante encontro entre Carlos Brasileiro e o secretário estadual de Saúde, Jorge Solla. A entidade forma uma rede internacional de serviços hospitalares e é responsável por gerenciar diversas instituições. Na Bahia, a Santa Tecla já é gestora dos hospitais de Itaberaba, Cruz das Almas,Mutuípe e Castro Alves.

Na visita desta quarta-feira estarão presentes os diretores da Santa Tecla, Xavier Singla, e da São Camilo, José Landim. Em Bonfim, a fundação espanhola busca estabelecer uma gestão conjunta com a Sociedade Beneficente São Camilo, que conta hoje com uma rede de 44 hospitais no Brasil sob a suagestão. Além de unidades de saúde, atua nas áreas social e educacional. Em Salvador, por exemplo, a Província Camiliana Brasileira é proprietária da Faculdade São Camilo.

O diagnóstico da Fundação será posteriormente apresentado ao superintendente de Gestão e Regulação da Atenção à Saúde (Suregs) da Secretaria de Saúde, Andrés Castro Alonso Filho. Havendo acordo com o Ibaps,  a Fundação Santa Tecla assumirá o hospital. Neste caso, haverá um modelo de financiamento contratualizado, direcionado a entidades filantrópicas. Estão mantidos os investimentos em ampliação e reforma que serão feitos pelo Governo do Estado, que contemplam, inclusive,implantação de UTI. Esta é uma nova forma que vem sendo buscada para que o Hospital possa receber os investimentos, já que não avançou o processo de municipalização.

Gabinete do Deputado Carlos Brasileiro | Assessoria de Comunicação | Foto: Neto Maravilha




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *